[NOVO][carousel][6]

6 de outubro de 2018

Shadow of the Tomb Raider - The Forge

14:37

A primeira das sete novas aventuras de DLC mensais, titulada de Shadow of the Tomb Raider – The Forge, acaba de ser anunciada.

Numa aventura completamente nova, Lara enfrentará os desafios de uma forja inundada de lava para desvendar os segredos de Kuwaq Yaku.
A forja oferece uma nova tumba de desafio, jogável tanto sozinho quanto em co-op. Os jogadores que completarem o desafio serão recompensados com a habilidade Granadeiro, a roupa Brocken e a arma Umbrage 3-80.

Clique AQUI para assistir a um vídeo oficial com alguns trechos de gameplay do DLC.

A Forja estará disponível a partir do dia 13 de novembro de 2018 para Xbox One, PlayStation 4 e PC com download gratuito para todos os que compraram o Season Pass e poderá ser adquirido como uma compra independente.


20 de setembro de 2018

[VÍDEO] Final alternativo de Shadow of the Tomb Raider inclui Jaqueline Natla!

18:31

Durante a produção do Shadow of the Tomb Raider, várias cenas pós-créditos foram exploradas. Infelizmente, uma das direções que foi considerada, mas não escolhida, foi incluida, por um erro, no jogo final. A atualização do Day-One resolve esse erro, juntamente com várias outras melhorias. Como sempre, recomendamos que os nossos jogadores instalem a atualização, para disfrutar da experiência completa e atual.

Esta foi a declaração da Crystal Dynamics aos fansites oficiais, acerca do vídeo que viralizou hoje na comunidade. Pode vê-lo clicando AQUI ou na imagem acima. Pode conter SPOILERS do Shadow of the Tomb Raider, para quem não terminou o jogo ainda.

Já viram a nossa entrevista exclusiva com Fernanda Bullara, a voz brasileira da Lara Croft e da Hannah Baker (13 Reasons Why)? Clique AQUI ou na imagem abaixo para abrir o vídeo!


Facebook | Twitter | Instagram | YouTube | Tumblr

12 de setembro de 2018

ENTREVISTA EXCLUSIVA | Fernanda Bullara (Lara Croft / Hannah Baker)

18:01

O LARA CROFT PT, em colaboração com a página 13 Reasons Why Brasil, entrevistou com a dubladora Fernanda Bullara, que dá a voz a Lara Croft e Hannah Baker. Falamos sobre o próximo jogo Tomb Raider e sobre a terceira temporada da série!

Clique AQUI ou na imagem acima para ver o vídeo!

Assista também ao nosso review do novo Shadow of the Tomb Raider! Clique AQUI ou na imagem abaixo!


Facebook | Twitter | Instagram | YouTube | Tumblr

10 de setembro de 2018

ANÁLISE | Shadow of the Tomb Raider

13:00

To read this article in English please scroll down and use the Google Translator tool in the bottom of our site.

«Torna-te na Tomb Raider»

O fim do início chegou. Shadow of the Tomb Raider é o jogo que encerra a trilogia que conta a história da origem da Lara Croft, a famosa arqueóloga e salteadora de túmulos. A Square Enix disponibilizou-nos o jogo quase duas semanas antes do seu lançamento e, hoje, os fãs podem ficar a conhecer a nossa opinião completa (sem spoilers).


A Lara Croft está mais madura e experiente, mas isso não significa que ela já saiba fazer tudo. De facto, logo no prólogo, na ilha de Cozumel, um erro fá-la desencadear o apocalipse e toda a sua jornada é uma tentativa de impedir a tragédia. Desengane-se quem acha que este Tomb Raider é um jogo de tiro em terceira pessoa. Este é o capítulo com menos combate da trilogia, já que o foco dos produtores foi, desta vez, a exploração e os puzzles. Não deixa de ser estranho ver a personagem a passear e socializar enquanto o fim do mundo está, literalmente, a chegar.

Noventa por cento do jogo é passado no Peru, na Floresta Amazónica. A variedade dos cenários é aceitável, tendo em conta que são apenas três os hubs. As paisagens são de tirar o fôlego, mesmo com os gráficos inconstantes. Paititi, a cidade escondida, é a maior área que um jogo Tomb Raider já teve para ser explorada. Ao fim de algumas horas torna-se cansativo e repetitivo voltar sempre ao mesmo lugar após uma missão principal na história, e de lá partir para alcançar a próxima. Por falar em missões, há também recrutadores ao longo de todo o jogo, que nos dão tarefas secundárias, em troca de recompensas, raramente proveitosas. 


O conteúdo opcional é, agora, maior e melhor. Há mais túmulos e criptas, colecionáveis e áreas escondidas. Shadow of the Tomb Raider é um RPG mundo aberto, sem o assumir. Para jogo linear de ação e aventura, ele faz muito. Para jogo RPG mundo aberto, não é suficiente. É o mais difícil da série reboot, mas ainda peca pela falta de inovação, como o seu antecessor. A Lara tem algumas novas habilidades, mas várias terá de reaprender, forçando o jogador, em alguns casos, a comprar a mesma habilidade três vezes, em três jogos distintos.

Há um novo sistema de venda e compra, que não é muito desafiador, já que os recursos são demasiado abundantes no ambiente e vendê-los dá-nos facilmente dinheiro suficiente para comprar todos os itens. Outro problema que a excessiva disponibilização de recursos traz é o upgrade instantâneo das armas. Basta conseguir um novo arco, pistola, caçadeira ou rifle, que Lara consegue evolui-los ao máximo de uma só vez, especialmente se o jogador for muito explorador.


Os puzzles são mais complexos e variados. Nem todos são para usar uma flecha com corda e puxar algo, como acontecia frequentemente no jogo anterior. Agora há também armadilhas e inimigos dentro dos túmulos. Lara continua a servir-se da física e dos elementos naturais para desimpedir ou criar o caminho para o ponto importante do templo, mas também há puzzles com alavancas e enigmas, que têm aquele gosto clássico.

A imersão que a trilha e os efeitos sonoros trazem é a melhor dos três jogos, há momentos em que não sabemos o que é música e o que são sons do ambiente. Especialmente nos túmulos escuros e soterrados, a experiência sonora do jogo é incrível, mesmo sem ter grandes temas.

A história é o ponto mais fraco do jogo. Não acontece muita coisa na narrativa desde o momento em que Lara desencadeia o apocalipse até ao momento do desfecho final, que também não foi muito satisfatório. Sim, existe um crescimento na personagem, mas o final não é convincente. Ela «torna-se na Tomb Raider», sim, mas bastava colocarem esse subtítulo no jogo anterior que o resultado seria mais ou menos o mesmo. As personagens são mais bem desenvolvidas e, desta vez, os companheiros de aventura são mais prestativos.


Há momentos emocionantes, há momentos de cortar a respiração, momentos de fazer o queixo cair, mas, no que toca à história em si, não há muito para ser dito. Sente-se falta das reviravoltas e revelações. Fazer referências aos jogos clássicos não chega, se elas forem totalmente escusadas e desconectadas da narrativa. Não falo de Easter Eggs, falo de momentos chave na história. Parece um caminho fácil, mexer com a nostalgia dos fãs para nos dar a sensação de «dever cumprido».

Shadow of the Tomb Raider é um jogo divertido, que vale muito a pena. No final de contas é isso que importa. Há muitas e muitas horas de gameplay, se ambicionarem os cem por cento. Certas partes deste jogo vão tornar-se nas favoritas de muitos fãs. Esta é a melhor Lara Croft dos últimos anos, e isso é algo que todos vão querer testemunhar.

Miguel Marques | LARA CROFT PT

13 de agosto de 2018

4º ANIVERSÁRIO LCPT | Nova Fan Fic "Tomb Raider II: The Rise of Lara Croft"

15:30


Este ano a comemoração do aniversário do nosso site é diferente! Estamos a completar quatro anos de existência e, além da nova arte (abaixo), nós lançamos hoje a nossa nova fan fic, uma sequência para o filme Tomb Raider (2018).

DOWNLOAD

Clique AQUI para fazer o download gratuito do documento que contém a fan fic completa.

NOTA INICIAL 

Tomb Raider II: A Ascensão de Lara Croft” é uma história nãooficial do atual universo cinematográfico de Tomb Raider. Trata-se de uma continuação do primeiro filme, que estreou em março de 2018, com Alicia Vikander no papel principal. Estes treze capítulos encerram a história da origem de Lara Croft e têm, como base inspiratória, os jogos Rise of the Tomb Raider e Shadow of the Tomb Raider. É recomendado o visionamento do filme previamente à leitura desta fan fic. É dispensável o conhecimento dos acontecimentos no universo dos jogos. Há spoilers à frente.


SINOPSE 

Esta é uma história sobre ódio. Lara recusa conformar-se com as perguntas que trouxe de Yamatai e começa a caçar respostas, investigando todas as pontas soltas. O que é a Trindade, e quem está por trás dela? Quais são os seus planos ocultos? O que realmente levou Richard a fazer tudo o que fez? Mais importante: Que planos terá a organização secreta, como alternativa ao túmulo de Himiko? Lara, motivada pela sua raiva, embarca na derradeira aventura, que vai forjá-la na Tomb Raider e fazêla descobrir, da pior forma, o que isso verdadeiramente significa. 


TRAILER 

Clique AQUI e assista abaixo ao trailer conceptual que foi elaborado para a divulgação da fan fic. É um ótimo refresco de memória e introdução à leitura.

AUDIOBOOK 
Encorajamos todos os fãs a lerem o documento na sua versão original da fan fic, que está escrita em português de Portugal, mas, para os que preferirem uma versão adaptada e narrada, o LARA CROFT PT criou, pela primeira vez, uma versão audiobook para uma fan fic. Clique AQUI para ir para a playlist completa, com os 13 episódios

IMAGENS


 Facebook | Twitter | Instagram | YouTube | Tumblr

TWITTER @LARACROFTPTCOM

Translate

FANSITE OFICIAL!

FANSITE OFICIAL!